quarta-feira , 18 outubro 2017

Home » Palavra Semanal do Presidente » NOVO E VIVO CAMINHO

NOVO E VIVO CAMINHO

29 maio, 2014 Categoria: Palavra Semanal do Presidente Deixe um Comentário A+ / A-

“Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne”. Hebreus 10.20.

Quando Nosso Senhor expirou na cruz há cerca de 2000 anos atrás, o véu de aproximadamente 18 metros se rasgou simbolizando a Própria carne do Cordeiro de Deus. Assim, estava inaugurado o novo e vivo caminho; o Novo Testamento; a Nova Aliança de Deus com a humanidade. A Pedra Fundamental da nova Ordem chamada de “Os do Caminho” e depois cristãos, foi lançada no Cenáculo que abrigou aquela reunião de 120 pessoas (Atos 1.15 a 2.47). Esta confraternidade de Atos 2 é a matriz eclesial até sua volta. Isto nos revela a necessidade de uma restituição para nosso tempo, deste tempo em pelo menos três significações:

1ª Restituição da consideração uns aos outros com unção dobrada, Hebreus 10.24

Há diversidade de serviços, ou seja, nos dons, 1ª Co.12.4; nos ministérios. 1ª Co. 12.5; nas operações, 1ª Co. 12.6, mas os dons citados em 1ª Co.12; os ministérios citados em Ef. 4 e as operações citadas em Rm. 12 são instrumentos para o exercício da carreira eclesial na congregação que o Próprio Espírito Santo nos plantou, aonde o nosso alvo é o regresso a Atos 2, a igreja modelo. Ser sacerdócio real é o chamado eterno de Deus para toda ovelha do pastoreio Dele.

2ª Restituição de estimular uns aos outros ao amor e as boas obras com unção dobrada, Hebreus 10.24

Animar no amor é ter uma vida longe da mediocridade da maioria infelizmente; é vida com nobreza afinal, sacerdócio real, ou seja, com dignidade de filhos do Rei atraindo o respeito de todos tal como os da igreja do primeiro século não obstante todas as dificuldades que havia. Vida honrada; distinta, elegante porque deve ser com educação Bíblica, tal como Abraão, José, Moisés, Josué, Samuel, Davi, Elias, Eliseu, Daniel, etc. Com boas obras porque a fé sem obras é simulação ( Tiago 2.20).

3ª Restituição de não deixar a congregação como é costume de alguns, tendo esta postura com unção dobrada, Hebreus 10.25.

No sacerdócio levítico, da antiga aliança, havia um que não podia deixar de uma vez por ano entrar no Santo dos santos; agora somos todos nós, sacerdócio real e não devemos, nenhum de nós deixar de congregar aonde Deus nos colocou. Não é aonde nós nos colocamos porque igreja não é qualquer lugar é consagrada pelo véu aonde Deus nos colocou; consagrada pela sua própria carne. E nela, devemos correr a carreira que nos está proposta! Hebreus 12.1,2. Olhando prá quem? Cantor? Pregador? Profeta?

Para o Autor e Consumador da nossa fé. Assim, e só assim não deixamos de congregar aonde Ele nos colocou. Senão, teremos uma carreira contraditória e isto é muito ruim! Mas, correr para a restituição eclesial de Atos 2 nos leva:

Para a restituição dos dons, ministérios e operações de Deus! Para o Amor e boas obras; para a reconstrução da identidade cristã do primeiro século em nossa geração!

Fraternalmente,

Cpl.Pr.Mário Lima

NOVO E VIVO CAMINHO Reviewed by on . “Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne”. Hebreus 10.20. Quando Nosso Senhor expirou na cruz há cerca de 2000 anos atr “Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne”. Hebreus 10.20. Quando Nosso Senhor expirou na cruz há cerca de 2000 anos atr Rating: 0

Deixar Comentário

scroll to top